Escolhas que Fazem a Diferença.

Escolhas que fazem a diferença.

Quando se trata de transito o principal fator causador de acidentes é o fator humano, segundo o ONSV (Observatório Nacional de Segurança Viária) as causas de acidente de transito podem ser agrupadas em três principais grupos: Fator Humano, Fator Veiculo e Fator Via.

Dentre esses fatores, o Fator Humano é responsável por cerca de 90% dos acidentes, ficando os outros dois fatores responsáveis pelos outros 10% restantes, 5% com cada fator.

Com relação ao Fator Veículo, para muitos especialistas seria possível reduzir sua ocorrência de 5% para cerca de menos de 2% caso os condutores se atentassem para indicadores de defeitos presentes nos próprios veículos, realizando a manutenção preventiva.

Por esses motivos, nos últimos anos, vem sendo realizadas campanhas voltadas para a conscientização dos condutores para a importância de suas escolhas no transito.

Entre os anos de 2011 e 2015, houve uma baixa de 11% nos números de acidentes fatais no país (levando-se em consideração também os que a vitima chega a sair do local). No estado do Paraná, essa baixa chegou a 20%, ficando atrás apenas do estado de São Paulo (com diminuição de 21%).

Segundo o DataSUS (Departamento de informática do Sistema Único de Saúde) entre os mesmos anos, os valores gastos com internamentos e tratamentos de vitimas não fatais de acidentes de trânsito ultrapassou os R$76 milhões.

Para a epidemiologista Vera Lídia Alves de Oliveira, que coordena o comitê da análise das mortes no programa Vida no Trânsito, a noção de que são falhas mecânicas, fatalidades ou de que o outro é sempre o culpado atrapalha a compreensão do que está acontecendo no trânsito.

Entre as ações já realizadas pela prefeitura de Curitiba para diminuir os casos fatais de colisões está o aumento no tempo do pedestre em 42 semáforos do anel central da cidade. E uma medida que está sendo avaliada é a ampliação na quantidade de pontos de táxi próximos a casas noturnas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *